janeiro 07, 2008

Liddell: Quero Meu Título De Volta!!!




O ex-campeão dos light heavyweight do Ultimate Fighting Championship Chuck Liddell solidificou seu lugar na história do MMA em Dezembro 29, quando ele derrotou o rival de longa data e ex-campeão do Pride, Wanderlei Silva no UFC 79: Nemesis, em Las Vegas.

"É muito bom voltar a vencer, ter a minha mão levantada"
, disse Liddell ao site MMAWeekly.com.

Vindo de derrotas nas últimas lutas, muitos questionaram se ele ainda tinha o que era preciso para competir no mais alto nível do MMA. Alterações na preparação, tanto mentalmente e fisicamente, ficaram evidentes no seu desempenho.

"Eu acho que mudei um pouco de intensidade, eu meio que voltei a ser um lutador de MMA. Você sabe, misturando tudo e não apenas sendo um striker"
, comentou Liddell de 38 anos de idade, sobre o seu treinamento.

Liddell foi capaz de garantir dois takedowns contra Silva e tentou três. Nós não tinhamos visto ele por ninguém para baixo desde a sua luta contra Alistair Overeem em agosto de 2003.

Discutindo os takedowns, ele explicou,
"Eu definitivamente queria trabalha-los em algum momento durante a luta, deixar o Wanderlei sem saber o que eu iria fazer depois"
.

Liddell foi capaz de utilizar bem sua vantagem do alcançe dos socos e manter Silva sempre na ponta do seus socos, algo que ele faz extremamente bem.

"Eu sempre tento usar essa vantagem", ele declarou. "Eu tenho braços bem compridos para minha altura e sempre tive um bom alcance em relação ao meu tamanho(de modo geral, peso, altura, etc) e categoria de luta, de modo que eu comecei a usar essa vantagem tanto quanto possível."


"Esse tipo de coisa se encaixa bem no jeito que eu luto. Não tinha nem um plano extra, mas é bem assim que eu gosto de fazer as coisas."


Silva também gosta de trocação, mas é provavelmente mais devastador e perigoso no clinch, posição em que vimos ele vencer o atual campeão dos light heavyweight do UFC Quinton "Rampage" Jackson duas vezes. A única vez que Liddell e Silva ficaram no clinch, Liddell fez o maior dano com duas cotoveladas.

"Eu pensei que ele teria tentado "clinchar" mais", refletiu Liddell. "Mas eu também sou decente no clinch, e eu dou boas cotoveladas quando estou nessa posição, por isso me sinto realmente confortável lá."

No round 2, o ex-campeão do UFC beijou a lona duas vezes. A primeira vez foi um deslize, mas a segunda vez Liddell caiu após o que pareceu um soco. Ele concordou e discordou, dizendo:
"Foi um deslize. Apenas um deslize. Foi algo do tipo, eu fui acertado enquanto me movia de um jeito meio estranho e ai escorreguei. Eu tive alguns deslizes nesse round."


Juntamente com as sutis mudanças no seu treinamento, Liddell procurou o palestrante motivacional Tony Robbins para auxilia-lo a se manter focado na luta.

Ele comentou:
"Foi muito bom... Acredito que ele (Robbins) realmente me ajudou a melhorar e ficar focado apenas na luta. Eu não estou preucupado com nada mais."


Mais bem focado e motivado, Liddell espera um grande ano em 2008.

"Estou de volta. Estou indo pegar meu cinturão de volta, e espero ter uma chance de lutar pelo título em 2008."


Questionado sobre um rematch contra Wanderlei Silva, e se a novela já acabou Liddell respondeu:
"Estou indo atrás do meu título. Gostaria de obter o título de volta. Se as pessoas querem ver um rematch entre nós após isso então com certeza terá um. Com certeza."





Traduzido por:kazemirai
fonte: mmaweekly

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mais Notícias Recentes