novembro 13, 2009

"Rogers devia estar grato por Fedor não acabar com ele chão" - Entrevista

Os treinadores de Fedor, Aleksander Michkov e Vladimir Voronov deram uma entrevista ao site russo sports,ru, veja o que eles tiveram a dizer.

Primeiro de tudo a questão mais importante. Qual é a gravidade da lesão na mão?

Michkov (M): Fedor voou hoje de Chicago a LA e lá eles vão dar uma olhada na mão dele novamente. Então vamos ver como é.

Qual a possibilidade de uma fratura?

M: Não é uma fratura, mas é possível que haja uma lesão no periósteo do dedo. Isso significa que o tecido conectivo rompeu-se do osso. Eles examinarão melhor e depois nós saberemos mais sobre a lesão.


Se esse diagnóstico estiver correto, quão sério é este tipo de lesão?


M: Uma lesão no periósteo é muito desagradável. Mas vamos esperar o diagnóstico final, e dependendo disso vamos determinar quanto tempo será necessário para a recuperação.

Em que momento (da luta) Fedor sofreu a lesão?

M: Foi no começo da luta, quando ele aplicou um gancho de esquerda. Para ser completamente honesto, ninguém sabe ou lembra-se quando aconteceu exatamente.

Vamos voltar ao começo. Como foi a semana antes da luta? Houve alguma surpresa desagradável?


M: Tudo ocorreu bem. Apenas ficamos nos preparando. Nada de especial.

Pode dizer-nos agora que a luta acabou, qual tática a tática escolhida para a luta com Rogers? Como você pretendia vencê-lo?

Vladimir Voronov (V): Como sempre. Temos algumas combinações que trabalhamos antes da luta, mas não há nenhum plano de ação específico que seguimos- tu farás isso ou aquilo - não fazemos assim. Apenas entra lá e mostra o que tens, mostra que és um lutador balanceado e explora as fraquezas de teus oponentes.

"É o nariz, tá tudo OK? Tá respirando bem? Tá controlando a situação? Vai para cima!"

Quais os pontos fracos de Roger, viste antes da luta?

M: Antes de tudo, o adversário era muito mais lento que o Fedor, o que, eventualmente, levou-o ao erro e a nossa vitória. Nós trabalhamos em cima disso e foi o que acabamos por explorar.


Com o primeiro soco, Rogers cortou o nariz de Fedor. Qual foi o efeito disso na luta? Havia também informações sobre o nariz estar quebrado...

M: Não, o nariz não foi quebrado. Tudo está bem. Sobre o corte, é sempre desagradável, mas eu não diria que foi sério. Não perturbou durante a luta e não tornou mais difícil respirar.

V: Eu gostaria de salientar que era um corte antigo, que Fedor conseguiu enquanto sparring com seu irmão Aleksander. A pele levantou no mesmo local, não havia curado completamente.


No primeiro round eu estava sob a impressão de que o Fedor, que é geralmente conhecido por seu incrível wrestling, teve problemas em controlar Rogers no chão.

V: Isso é porque Rogers é um cara muito pesado primeiro. Segundo é que ele começou a suar muito rápido e era como um pedaço de sabão nas mãos de Fedor. Embora, nada de especial.

M: Se o Fedor não o tivesse nocauteou no segundo round, ele teria terminado com finalização.

V: Isso é verdade, ao final do primeiro round dava para ver que Rogers estava completamente morto. Ele já estava se apoiando na grande com a língua de fora e mal conseguia levantar as mãos.

M: Se tivesse ido para o terceiro round, o americano não teria tido nenhuma chance. 100% de certeza

Houve um momento muito desagradável no primeiro round, quando Rogers acabou em cima e começou um ground’n pound em Fedor, quão perigosa foi essa situação?

V: Isso é uma situação normal, nada de perigoso. Fedor viu tudo e a maioria dos golpes não conectaram. Na luta com o Coleman, Fedor esteve nesta situação duas vezes, com Choi também. Essa é uma situação normal e Fedor sabe muito bem o que fazer nessa situação.

O fato de que Fedor lutou na jaula pela primeira vez, você acha que isso teve algum efeito sobre ele?

V: Se o lutador está pronto, então não importa onde a luta é. Claro que existem algumas nuances, mas se elas afetassem Fedor, ele não teria ganhado.


O que você disse ao Fedor entre o primeiro e segundo rounds?

V: O que poderíamos dizer? Perguntamos se o nariz estava OK e se ele está respirando bem. Disse-lhe que estava controlando a situação e que devia continuar avançando.


Podes comentar sobre o golpe final? Como foi?


V: Isso é algo que ele e Vasilich (Michkov) têm trabalhado. Fedor apenas contra-atacou ele.

M: É um soco que o Fedor tem muita familiaridade, nós trabalhamos muito isso no início. Ele executa muito bem, você pode até dizer que se tornou uma marca registrada de Fedor. Em sua luta contra o Arlovski este mesmo soco deu-lhe a vitória. Como eu disse antes, nós sabíamos que o nosso lutador era mais rápido, e nesse momento ele usou essa vantagem muito bem, nocauteando o adversário com um soco, enquanto ele estava tentando socar Fedor com a esquerda.


O treinador do Rogers disse em uma entrevista que o árbitro parou a luta muito cedo, que Rogers não estava inconsciente.

M: O quê? Parou a luta muito cedo? Olha novamente. A “carcaça” desmoronou. (ele chamou realmente de carcaça, tusha em russo)

V: Rogers devia estar grato por Fedor não acabar com ele chão. Se observares a seqüência novamente, verás que Fedor aplicou-lhe dois socos quando estava no chão, antes de o arbitro interromper a luta vendo que Rogers estava indefeso. Ele não quis danos desnecessários. John McCarthy é um dos melhores árbitros dos EUA, tenho certeza que ele fez tudo certo. Você poderia até dizer que ele salvou Rogers.O próprio treinador de Rogers e o próprio, estão até agora procurando desculpas para justificar a derrota, eles vão dizer que o Fedor teve sorte e querem uma revanche. Isso são os típicos truques americanos. Eu fui até o Rogers após a luta para agradecê-lo pela luta, ele nem sequer sabia onde estava. Ele me olhou como se ele me visse pela primeira vez. Ele estava viajando, navegando em algum lugar.

M: Mesmo dez minutos após a luta, Rogers ainda estava sentado, balançando a cabeça e olhando em volta dele sem entender nada. Ai de repente ele levanta e diz: "Olhem para mim, eu quero uma revanche, eu vou acabar com ele”. Cada um...


Qual a opinião do Fedor sobre a luta?

V: ele achou q foi OK. Nós concordamos que houve alguns erros, mas em uma luta não há como evitar todos. Há sempre algumas nuances. Fedor apontou seus próprios erros e vamos trabalhar em cima deles. Fedor ainda não atingiu todo o seu potencial, ele continua a melhorar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mais Notícias Recentes