março 06, 2008

Entrevista com Sokoudjou


Traduzido por: kazemirai


"Eu coloquei muita pressão sobre mim, em vez de ir lá e fazer o que eu faço melhor que é lutar. Eu sabia que ele era um bom lutador. Eu sabia que ele era bom de pé e rápido, mas por algum motivo, eu "não estava lá", declarou "African Assassin" Sokoudjou enquanto falava sobre sua derrota para Lyoto Machida no UFC 79. Confira o que mais ele tinha a dizer sobre Machida enquanto ele reflete sobre a perda e aguarda com expectativa a chance de se redimir contra Kazuhiro Nakamura no UFC 84. Ainda, Sokoudjou partilha as suas reflexões sobre a derrota de Dan Henderson para Anderson Silva e muito mais.

PC: Sokoudjou, tem sido difícil para o Team Quest ultimamente. Como você está?

ST: Eu diria muito bem, mas, como você disse, nós tivemos uma série de derrotas. É complicado.

PC: Eu sei que vocês sofreram 2 derrotas no UFC 82 com Chris Wilson e com o Dan. O que você achou do desempenho do Dan?

ST: Bom, eu não sei o que dizer-lhe, porque ele saiu bem no primeiro round, então não sei o que dizer. Tenho de assistir à luta novamente e fazer uma análise mais atenta. Ele saiu e fez o que tinha planejado no 1 º round e, em seguida, as coisas mudaram no 2o round.

PC: Ele parece que não tentou um "takedown" no segundo round até o Anderson machucar ele em pé.

ST: Sim, ele ficou ferido em pé e, em seguida, a partir daí, a coisa desmoronou.

PC: O que você achou da performance do Chris Wilson? Eu acho que ele ganhou muito respeito depois da luta.

ST: Eu acho que um pouco de grappling irá ajudá-lo muito. Ele veio e treinou conosco há algumas semanas e melhorou muito na sua defesa de takedown, acho que em poucos meses, se ele continuar trabalhando em sua defesa de takedown e seu jogo de chão, ele vai ser um sério competidor.

PC: Eu sei que você sofreu uma dura derrota em sua estréia contra Machida. Como você se sente com a sua atuação?

ST: Eu simplesmente não estava lá. Fui finalizado e apanhei feio. Não há desculpas. Eu simplesmente não fiz aquilo que eu deveria fazer.

PC: Machida é um cara muito duro para preparar-se e lutar. Você achou que ele teria tão forte e fugaz?

ST: Eu sabia que ele era um cara duro, e ele ganhou. Eu me preparei bastante para a luta. Eu coloquei muita pressão sobre mim mesmo antes desta luta. Normalmente, quando vou para uma luta, eu encaro como se fosse um treino normal. Eu coloquei muita pressão sobre mim, em vez de ir lá e fazer o que eu faço melhor que é lutar. Eu sabia que ele era um bom lutador. Eu sabia que ele era bom de pé e rápido, mas por algum motivo, eu não estava lá.

PC: Como estavam seus nervos quando vocÊ deixou o vestiário para que a luta contra o Machida?

ST: É uma daquelas coisas para onde você para e pensa, "Ok, é isso que vou fazer." Entrando lá, me senti super bem, mas as coisas simplesmente não foram como planejei. Uma coisa começou a dar errado e, em seguida, uma outra coisa e depois outra, e eu não consegui mais me recompor e fazer o que eu devia.

PC: Você sente que agora que já fez sua primeira luta no UFC toda aquela pressão desapareceu?

ST: Sim, agora é só uma questão de eu entrar lá e fazer tudo direitinho. Já lutei minha primeira luta e agora eu tenho que ir lá e fazer o meu trabalho para certificar-me de que isto não volte a acontecer.

PC: Eu sei que você se sentiu desrespeitado após a luta. Pode dizer-nos um pouco sobre isso?

ST: Sim, você sabe, este é um esporte onde você respeitar as pessoas e ele foi um pouco desrespeitoso. Bem, da próxima vez que nos encontrarmos, vou me certificar de desrespeita-lo tanto quanto possível. Eu dei-lhe todo o respeito que eu dou para qualquer pessoa que eu conheço e mesmo as pessoas que eu não conheço, foi desrespeitoso ele vir na TV e dizer o que ele disse. Não vou encarar isso como pessoal por causa de quem eu sou, mas se tratando de negócios, na próxima vez que eu vê-lo, vou lhe desrespeitar tanto quanto eu puder.

PC: Ele estará lutando contra Tito Ortiz no mesmo card em que você enfretará Nakamura no UFC 84. Como você ve essa lua?

ST: Se o Tito levá-lo para o chão e fazer o que ele sempre faz, então acho que o Tito vai ganhar a luta, mas se ele ficar de pé e trocar então ele perde, porque o Tito perdeu contra o Chuck justo por causa de seu boxe. Acho que o Machida é bom na trocação, mas não tão bom no chão. Tito tem que fazer o que ele faz de melhor, que é levar o oponente para o chão e quebrar o nariz dele ou coisa parecida.

PC: Você foi reto treinar novamente após a luta contra o Machida ou você deu um tempo?

ST: Um dos erros que eu cometi foi ter ficado treinando desde da minha última luta no PRIDE até essa última luta no UFC. Eu deveria ter feito 3 lutas após a minha saída do Pride e então fiquei treinando o tempo todo. Após a luta contra o Machida eu dei um tempo para pensar nas coisas e, em seguida, já voltei a academia para ajudar o Dan treinar e já já to indo em um "training camp" para me preparar para minha próxima luta. Eu vou tentar ser mais esperto dessa vez e treinar o máximo possível sem me acabar. Esse é um erro que eu fiz, mas eu vou me certificar que nunca mais farei.

PC: Eu sei que você não quer soar como se estivesse dando desculpas, mas tenho de lhe perguntar sobre isso. Ouvi a partir de uma fonte bem confiável que você estava treinando boxe com Freddie Roach para a luta contra o Machida e você estava com um ombro bem ruim. É verdade?

ST: (risos) "Vamos colocar desta forma, eu nunca estive 100% em nenhuma luta. Todas as lutas que tive eu estava machucado de alguma forma, mas não é esse o motivo pelo qual eu perdi. Eu simplesmente não estava lá, como já disse, e acabei apanhando. Tive sim algumas lesões que não me permitiam fazer algumas coisas, mas isso não significa que não poderia vencer a luta. Tinha um ombro meio machucado, mas eu tinha outro ombro bom além de poder usar meus chutes e meus joelhos, por isso não posso usar isso como desculpa.

PC: Nós não vimos nenhum desses chutes fodões que o fizeram conhecido no Pride ou trocação letal que você tinha lá. O que será diferente em Maio contra o Nakamura?

ST: Desta vez, vou me certificar de estar lá e você verá o antigo Sokoudjou.

PC: Acha Dan Henderson vai lutar nos 185 ou 205 em sua próxima luta?

ST: Dan é o tipo de cara que não se preocupa com nada. Se ele luta em 185 ou 205, não importa, ele vai lutar. Não me parece que ele tenha quaisquer questões sobre lutar em qualquer uma dessas classes de peso; ele lutará com qualquer um. Ele vai lutar como heavyweight(peso pesado) se for necessário.

PC: Nakamura lutou contra todo mundo é so falar. O que você acha do jogo que ele faz?

ST: Ele é o cara do judo e também um "brawler", ele costuma ter bom cardio também. Estive assistindo a maior parte das suas lutas e eu meio que me inspirava nele quando comecei no Pride, porque esse é um judoca que se deu bem no PRIDE. Já vi ele lutar várias vezes. Estou com um plano de luta bem definido e pronto para começar a treinar.

PC: Mesmo antes de você ingressar no UFC, você disse que queria lutar contra os melhores. Este é ainda o caso?

ST: Eu acabei de perder a minha primeira luta no UFC. Eu não posso escolher com quem quero lutar, então vou lutar com qualquer um que aparecer.

PC: Quando veremos o Matt Lindland lutando novamente?

ST: Ele estará lutando muito embreve. Onde? Não tive a oportunidade de conversar com ele. No meio da preparação para a luta do Dan eu não tive a oportunidade de conversar com ele, mas eu acho que é muito em breve.

PC: Você ficou devastado aós a luta contra oMachida ou foi uma experiência de aprendizado?

ST: Foi uma experiência de aprendizado. Eu não fiquei devastado a ponto de querer me suicidar mas pensei "Mas que merda! Vou me certificar de voltar mais forte na próxima". No meio tempo, algumas pessoas perderam dinheiro e eu senti como se as tivesse decepcionado. Da próxima vez, vou me certificar de conseguir o dinheiro delas de volta matando alguem no ringue.

PC: De quem foi a idéia da máscara de Predator, eu gostei da idéia.

ST: (risos) Na verdade, eu comprei ela para o Halloween, e como eu já tinha ela mesmo eu pensei: "Bem, eu vou usá-la!"

PC: É sempre um prazer cara. Temos conversar mais vezes. Tem alguma coisa que gostaria de dizer para encerrar?

ST: Eu quero apenas pedir desculpas por todas as pessoas que eu decepcionei e que eu vou me certificar de recuperar o dinheiro delas na próxima luta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mais Notícias Recentes